“Como fugir das tarifas bancárias sem perder a gestão financeira da sua empresa”, por Dener Faria Tiago

Gestão financeira

O empresário brasileiro, tem diversos gastos ao longo de sua jornada no mundo dos negócios desde a abertura de seu CNPJ, do pagamento das taxas municipais, estaduais e federais.

Um destes gastos mais comuns, são as taxas bancárias cobradas pelos grandes bancos, qualquer transação efetuada, lá vem aquela cobrança extra embutida, exemplo disto são os valores pagos pela realização de TED – Transferência Eletrônica Disponível cobradas, em alguns bancos este valor chega a $20,00 (Vinte reais) por transferência, outro valor cobrado dos clientes é a “famosa” cesta de serviços, que é vazia de benefícios e farta de custo para o empresário, isso somado no fim do mês causa um rombo enorme no lucro da empresa.

Uma das soluções para fugir destes gastos financeiros, é estudar a possibilidade de migrar sua conta Pessoa Jurídica nos bancos convencionais para os diversos bancos digitais que existem no mercado hoje.

Mas sempre surge aquela dúvida, se vale apena mesmo esta mudança, aqui vou descrever alguns benefícios das contas digitais para PJ existentes no mercado e aí ao final você pode tirar suas próprias conclusões se vale ou não a pena ok?

Facilidade e comodidade na abertura das contas:

Hoje estes bancos digitais fazem a abertura das contas de forma 100% digital, usando apenas seu dispositivo móvel, computador ou tablet, somente o fato de você não precisar ir a uma agência física com aquele envelope lotado de documentos pessoais e da empresa, já te otimizou tempo e dinheiro, em alguns casos a abertura é feita em menos de 24 horas.

Independência financeira:

Se você busca ter um negócio de sucesso, precisa saber gerir seu próprio capital de giro, e não depender financeiramente das instituições financeiras, pois assim, você abre sua mente para enxergar aonde está sendo aplicado seu dinheiro e de que forma ele está trabalhando a seu favor ou contra você.

Redução significativa de gastos com tarifas: 

Como mencionado anteriormente as tarifas que os bancos convencionais cobram para administrar suas operações financeiras chegam a ser abusivas, levando com eles uma grande fatia do seu rendimento, existem bancos digitais que oferecem diversos serviços de forma totalmente gratuitas, como por exemplo: saques gratuitos nos caixas 24 horasaté 100 (cem) TED’s gratuitasemissão de boletos de cobrança sem custo adicional algum, folha de pagamento automática para seus funcionários; a opção de exportar seus extratos bancários em formatos PDF, OFX e CSV, fora a opção de ter uma das menores taxas para usar as máquinas de cartão , facilitando o pagamento de seus produtos ou serviços, ou seja, praticamente todas as funções que seu atual banco pode te oferecer mas sem te cobrar nada por isso.

Já se convenceu de que tem dinheiro seu indo para o bolso dos banqueiros?

Então, está na hora de rever sua forma de gerir seu negócio.

Vale salientar que os bancos digitais foram criados, pela indignação com o monopólio dos grandes bancos, e seus clientes sempre sendo reféns de seus serviços, se vendo obrigados a pagar altas tarifas para ter serviços necessários para suas atividades.

*Este artigo reflete a opinião do seu autor.

Dener Faria Tiago – Consultor Fiscal e Tributário. Atua na área fiscal a mais de dez anos, ampla experiência em tributação fiscal e suas obrigações, desenvolvimento de processos e consultoria empresarial.

Deixe uma resposta